top of page

Benefícios de monitorar os batimentos cardíacos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde , ainda é a principal causa de morte no mundo, levando cerca de 17,9 milhões de vidas a cada ano. Portanto, nunca houve um momento melhor para construir sua compreensão sobre a saúde do seu coração e o que você pode fazer para melhorá-la. O monitoramento regular e preciso não apenas reduzirá o risco de doenças cardíacas e circulatórias, mas também é um ótimo começo para entender e melhorar sua saúde geral.


Frequência cardíaca, também conhecida como frequência de pulso, é o número de vezes que seu coração bate por minuto (BPM). A British Heart Foundation afirma que uma frequência cardíaca normal em repouso deve estar entre 60 e 100 batimentos por minuto. Essa faixa é a mesma para homens e mulheres, e há apenas uma pequena variação com o envelhecimento.


O exercício regular pode reduzir sua frequência cardíaca em repouso, de modo que é regularmente na extremidade inferior desta escala. É preciso compreender que, de forma geral, a prática de exercícios físicos deve ser monitorada.


Vale ainda ressaltar que se você sofre de alguma patologia cardiovascular como, por exemplo, histórico de infarto agudo do miocárdio ou insuficiência cardíaca congestiva crônica, essa é a recomendação padrão ouro.


Coração é um músculo que possui como função fisiológica a contração e relaxamento do miocárdio, esse movimento é responsável por bombear o sangue e distribuí-lo para todo o corpo da forma mais eficiente possível, portanto, é importante saber que durante a prática de exercícios físicos é esperado que esse processo seja intensificado pela atividade e maior necessidade de oxigenação dos tecidos que estão sendo requisitados durante o treino.

Por isso, o "contrai-relaxa" do coração ocorre em maior repetição, ou seja, há o aumento esperado dos batimentos cardíacos (frequência cardíaca).



O bombeamento do sangue leva a uma maior oxigenação aos tecidos do corpo e traz diversos benefícios ao sistema cardiorrespiratório.

No entanto, é necessário estar atento e observar se o coração está sofrendo algum tipo de sobrecarga durante o exercício, sendo assim, a melhor forma de controle é através da avaliação e monitorização da frequência cardíaca máxima.

Vale lembrar que esses dados de frequência variam de acordo com idade, hábitos de vida e histórico de doenças para cada pessoa.

Esse tipo de monitoramento durante a prática de atividades físicas é de suma importância como ferramenta de prevenção e promoção de saúde, garantindo a segurança durante os treinos.

Além disso, é essencial o acompanhamento de um médico cardiologista, em especial, em casos específicos como, em pessoas sintomáticas, fadigadas e em casos de pós-operatórios.

Atualmente, no mercado há diversos dispositivos tecnológicos capazes de transmitir a informação obtida nos cardiofrequencímetros diretamente para aplicativos de celular.

Mas lembre-se que, para além da compra de um aparelho ou equipamento, vale investir em uma equipe médica para orientar o uso correto e fazer o acompanhamento de seus treinos de forma adequada e segura trazendo os benefícios físicos esperados.

Caso você esteja com sintomas, como sensação de aperto ou dor no peito, pescoço, costas ou braços, fadiga, tontura ou suor frio, procure agora mesmo um profissional de saúde para avaliação adequada.



Importante lembrar que a RD545 tem a função de batimentos cardiacos nos modelos 2022.


Link da RD545 2022



Adaptado de Tanita EU, Monitorar os batimentos cardíacos de Paola Machado.


23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page