top of page

FUNÇÃO E BENEFÍCIO DA CREATINA



A creatina é um suplemento popular que tem sido extensivamente estudado por seus benefícios no desempenho físico e na saúde em geral.

É um composto de aminoácidos responsável por trazer diversos benefícios para o corpo humano. Esse composto é constituído pela junção dos aminoácidos arginina, glicina e metionina. Pode ser formada via endógena em um processo que ocorre no rim, fígado e pâncreas e adquirida via exógena pela ingestão de carnes e peixes e por meio da suplementação alimentar.    

A formação endógena para constituição da creatina é limitada, de modo que, para a elevação do estoque no organismo, a suplementação é necessária, estando entre os suplementos alimentares mais utilizados na atualidade.   

Estudos mostram que a creatina pode aumentar a massa muscular, força e desempenho no exercício, além de efeitos positivos em doenças neurológicas e outras doenças crônicas. 


Mas ainda há alguns mitos a respeito da suplementação dessa proteína, como por exemplo:

Creatina e a privação do sono

Os resultados do estudo de McMorris em 2006, mostraram que a creatina nessas pessoas, privadas do sono, trouxe um efeito positivo no estado de humor e também nas atividades e tarefas que estas deveriam realizar. Isso significa que atletas que fazem privação de sono, e usam creatina, vão ter uma boa performance e vão desempenhar as atividades normais, com uma boa eficiência.

 

A creatina e os idosos

Muito se diz da dificuldade de se ganhar massa muscular depois de certa idade. O trabalho de Camila Lemos Pinto, Patrícia Borges Botelho e Juliana Alves Carneiro, mostrou que idosos, que fazem o uso de uma pequena dose diária de creatina, por um período de 12 semanas, tiveram um aumento de massa muscular. 

Isso mostra que pequenas doses de creatinas, em pessoas com idade avançada, vão ajudar a trazer mais saúde e a manutenção da condição física. 


Os benefícios de fazer a suplementação de Creatina são inúmeros. Vamos listar alguns deles para você.


Melhora no Desempenho Físico:

A creatina é armazenada nos músculos e usada como fonte de energia durante atividades de alta intensidade e curta duração, como levantamento de peso e exercícios explosivos.

Pode aumentar a capacidade de trabalho muscular e melhorar o desempenho durante atividades repetitivas de curta duração.

Aumento da Massa Muscular:

A creatina pode ajudar a aumentar a síntese de proteínas musculares, contribuindo para o crescimento muscular.

Recuperação Muscular:

Pode acelerar a recuperação entre sessões de treino, reduzindo a fadiga muscular.

Melhora Cognitiva:

Alguns estudos sugerem que a creatina pode ter benefícios para o cérebro, melhorando a função cognitiva e ajudando em situações de estresse mental.

Aumento da Hidratação Celular:

A creatina pode aumentar a quantidade de água armazenada nas células musculares, o que pode contribuir para o ganho de volume muscular.


Qual a maneira correta de utilizar?


A maneira correta de utilizar a creatina como otimizador nos treinos geralmente envolve uma fase de carga seguida de uma fase de manutenção.

Aqui estão as recomendações gerais:

Fase de Carga

Dose: 20g por dia (divididos em 4 doses) durante 5-7 dias.

Fase de Manutenção

Dose: 3-5g por dia.

Outras Considerações:

  • Timing: A creatina pode ser tomada a qualquer momento, mas muitos optam por consumi-la antes ou após o treino.

  • Forma de Consumo: Pode ser tomada em pó misturado com água ou outras bebidas. 



Adaptado de 06 maiores mitos da creatina,online por Paulo Muzzy em MAX TITANIUM, março 2023.

48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page